Desvendando a Astrologia

Por Giovana Lima
Astróloga Clássica e Instrutora de Yoga | @giovanatlima

Falamos muito sobre os signos, astros e luminares e no atual momento estamos bem engajados em realizar Mapas Astrais, Revoluções Solares e Análises de Trânsitos. Que, ao meu ver, são essenciais para o nosso desenvolvimento aqui neste planetão.

Por muito tempo esquecemos que fazemos parte deste todo e que somos universo. Audácia a nossa, né? Esquecemos que cada célula e toda a nossa matéria foi realizada de forma perfeita e sincronizada pelo cosmos para nos fazer únicos e com a química de humor, temperamento e posicionamento exato para vivermos essa experiência terrena.

Mas este post hoje, é para te contar um pouco sobre algumas curiosidades sobre Astrologia e por que ela é uma ferramenta que agrega no processo de autoconhecimento.

Partiremos para as perguntas mais básicas para que você se sinta mais familiarizado e se caso tiver afinidade buscar mais informações sobre a mesma.

Quando nos interessamos por Astrologia?

O interesse pela Astrologia parte do pressuposto de quando nós humanos começamos a nos questionar do por que fazemos o que fazemos e qual o motivo de sermos de tal maneira e não de outra. E claro, dá vontade de se conhecer mais por meio dos astros.

A Astrologia está ligada a religião, crenças e rituais?

A Astrologia não está ligada a religião, crenças da época (olha que ela é antiga), preconceitos e rituais.

Quais bases a Astrologia utiliza?

É uma ferramenta observadora, onde utiliza de símbolos que correspondem a qualidades e debilidades (signos), elementos (fogo, terra, ar e água), astros, as Casas Astrológicas Terrenas (setores das nossas vidas – profissional, pessoal, familiar…) e os aspectos que fazem, ou seja, como se comunicam entre si. A partir disso, o estudo individual começa fazendo a observação do ritmo universal com o seu ritmo pessoal.

Obs: Por isso é tão importante saber a data de nascimento, horário de nascimento e cidade de nascimento pois é como sabemos como os astros e luminares estavam posicionados e se comunicando.

A Astrologia é uma ciência comprovada?

A Astrologia não tem comprovações científicas, ela é considerada uma pseudociência e seu intuito não é provar nada com base em fatos e dados, a mesma só quer que você se conecte da sua maneira e abra espaço para o autoconhecimento e para o ritmo universal, porque ela sabe que você é único, complexo e possui suas particularidades, então ela te guia como um GPS através dos astros e seus posicionamentos, para você se alinhar com o seu ritmo pessoal e processos do momento atual que esteja vivendo.

Quando surgiu a Astrologia Ocidental?

A Astrologia Ocidental surgiu na Babilônia e na Caldéia em 2000 a.C (isso mesmo, ela é bem antiga). Nessa época algumas culturas observavam o Céu e como os astros (os 5 planetas que conseguimos ver a olho Nu –Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno) e luminares (Sol e Lua) se movimentavam.

Qual foi o estudo principal?

O estudo principal era o Zodíaco, que é aquele círculo do Mapa Astral que vemos de 360 graus dividido em 12 partes (casas astrológicas terrenas) iguais de 30 graus onde observamos o caminho dos luminares e astros.

A partir do início deste estudo se conseguiu identificar a localização dos planetas e se criou uma base onde mais para frente foi sendo lapidada por grandes estudiosos deixando cada vez mais detalhada e precisa para entendermos o ciclo dos planetas e luminares que hoje utilizamos.

Obs: o Zodíaco também é o nome dado as 12 constelações (Áries, Touro, Gêmeos, Câncer, Leão, Virgem, Libra, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, Aquário e Peixes) que estão posicionadas perto do Sol.

Como posso utilizar a Astrologia para autoconhecimento?

A Astrologia pode ser utilizada como conhecimento por meio do Mapa Astral, Revolução Solar e Análise de Trânsitos, essas ferramentas trazem informações que mais evidenciam as vivências do nativo aqui na Terra, além de tendências relacionadas às suas potências e debilidades que seriam ideal desenvolver e lapidar para uma experiência mais consciente nas casas astrológicas ativadas (setores da vida).

Como fazer o Mapa Astral, Revolução Solar ou Análise de Trânsito?

Caso seja o seu primeiro contato, hoje em dia existem vários sites gratuitos para você viver essa experiência e sanar a curiosidade. Caso já tenha feito e queria uma conversa astrológica mais profunda, pesquise um Astrólogo que tenha gostado do conteúdo e trabalho, que tenho certeza que a experiência será muito rica.

E para finalizar… BÔNUS

3 Curiosidades sobre Astrologia?

  1. Na Astrologia Tropical utilizamos os símbolos dos signos e não as constelações, pois cada uma tem um tamanho diferente e o Sol fica mais tempo em uma do que outra e nós utilizamos o calendário terreno (365 dias e 6 horas/ 12 meses divididos em 28/30/31 dias).
  2. Na Astrologia Tropical no círculo zodiacal colocamos a Terra como centro que é o nosso ponto de observador, ou seja, usamos o modelo geocêntrico.
  3. Você possui todos os signos no seu Mapa e, bem provável, que viva a experiência das qualidades e debilidades de cada um ao decorrer da sua vida.

Beijinhos e espero que tenham gostado.

2 comentários sobre “Desvendando a Astrologia

  1. Muito bom e esclarecedor o conteúdo. Parabéns Giovana e Brazô pela iniciativa do tema. Vocês são toppp!!!

Deixe um comentário

O Poder da Beterraba

Não é só na cor que a beterraba arrasa! Essa hortaliça é super versátil e pode ser consumida de diversas formas. Em sopas, saladas, sucos

Leia mais »
0
    0
    Carrinho
    Seu carrinho está vazioVoltar para a loja
    Whatsapp
    Precisa de ajuda?
    Olá! Podemos te ajudar?