Carboidratos: vilões ou mocinhos?

Por Nutricionista Deise Cararo (CRN2 11130)
Nutricionista funcional | @nutrideisecararo

É muito provável que os carboidratos tenham presença garantida em alguma refeição do seu dia ou em todas elas. Por isso, é importante saber quais são as funções e a importância do ponto de vista nutricional, desse grupo de alimentos.

Há algum tempo os carboidratos ocupam o centro das atenções e geram muitas dúvidas. Dietas como a keto, paleo e low carb são caracterizadas por eliminarem quase todos os alimentos fontes de carboidratos. Mas afinal, este grupo alimentar é o vilão da dieta? Carboidrato engorda? É importante ter carboidrato na alimentação? O que acontece se eu não comer carboidrato?

Se você também tem essas dúvidas, confira!

O que são carboidratos? 

Muitos alimentos que compõem o nosso cardápio são fontes de carboidrato. Eles são encontrados em cereais e grãos como trigo, milho, arroz, aveia, centeio, cevada (pães, bolos, massas, biscoitos, pizzas…), nas raízes e tubérculos como batata, mandioca, batata-doce (farinhas de mandioca, tapioca, purês…), nas frutas e açúcares (mel, açúcar, doces, bombons, chocolates, tortas…). 

A principal função dos carboidratos é proporcionar energia para realizarmos as tarefas do dia a dia. Ele funciona como um combustível para o nosso corpo e é essencial para o funcionamento do cérebro. 

Mas os carboidratos engordam? São os vilões? 

Nos últimos anos eles passaram a ser considerados os vilões de dietas de emagrecimento, com a crença de que os carboidratos engordam. 

Porém, o que engorda não é o carboidrato, e sim a quantidade calórica total de tudo que foi consumido. Nenhum alimento é responsável por gerar aumento de peso (e nem redução), o que conta é o contexto alimentar. 

Sim, existe uma infinidade de opções de carboidrato e é possível que o que falta na tua alimentação seja equilíbrio e boas escolhas. 

Como fazer boas escolhas? 

O grande problema do consumo de carboidratos pode estar na quantidade e na qualidade, com consumo exagerado de carboidratos refinados, açúcares, doces… 

  • Prefira os carboidratos integrais, são opções também ricas em fibras que ajudam no bom funcionamento intestinal e na saciedade prolongada, o que é muito interessante para quem busca emagrecimento;- Dê preferência para alimentos in natura, comida de verdade, aqueles que você descasca mais e desembala menos. Quanto mais natural for, melhor para a sua saúde; 
  • Mantenha uma proporção adequada. Seu corpo precisa de carboidratos, mas não só de carboidratos. Componha as suas refeições com boas porções de vegetais, verduras, legumes, frutas, proteínas magras e gorduras boas;
  • Evite um consumo exagerado de doces, refrigerantes, sucos industrializados, açúcares, bolachas industrializadas, bolos…; 

Qual a importância de uma alimentação que inclua carboidratos? 

Além de serem a principal fonte de energia para o corpo e para o cérebro, os carboidratos são essenciais para a saúde. São fontes de fibras que auxiliam na saúde cardiovascular, intestinal e na saciedade. São importantes para a regulação do humor e bem-estar e são necessários para construir massa muscular. 

O que acontece quando você faz uma restrição de carboidratos? 

Cortar carboidratos da sua alimentação pode não ser interessante para a saúde, pois pode levar a redução no consumo de vitaminas, minerais, fibras, compostos bioativos e antioxidantes, principalmente se estivermos falando das frutas e legumes. 

Alguns dos problemas relacionados ao corte de carboidratos da alimentação:

  • Falta de energia;
  • Aumento da ansiedade;
  • Oscilações de humor: você sabia que os carboidratos contribuem para a produção de serotonina, hormônio do bem-estar? 
  • Constipação, devido a redução de fibras;
  • Perda de massa muscular, afinal se você não fornece energia para o seu corpo, ele pode buscar nos seus músculos;
  • Baixa adesão à dieta, podendo levar a um consumo exagerado. 

Lembre-se, o nosso corpo funciona em equilíbrio, nenhum excesso ou restrição total fará bem à nossa saúde.

Deixe um comentário

Corrida bem acompanhada!

Quer saber como se exercitar de forma correta com o seu cãozinho? Então confere a entrevista que fizemos com a médica veterinária Dora Mazzali. 1)

Leia mais »
0
    0
    Carrinho
    Seu carrinho está vazioVoltar para a loja
    Whatsapp
    Precisa de ajuda?
    Olá! Podemos te ajudar?